11 março 2016

2ª Parte : TER UMA ALIMENTAÇÃO SAUDÁVEL E BALANCEADA É FUNDAMENTAL PARA O BEM-ESTAR FÍSICO E EMOCIONAL.











Oi Gente , tudo bem com vocês?


     Hoje iniciamos a nossa última parte da conversa sobre como influencia no nosso bem-estar uma alimentação saudável. 

     Anteriormente passei 5 dicas , agora passarei mais 5 , que completaram o nosso bate-papo. Lembrando, que essas dicas não substituem a terapia, mais irão ajuda-los neste primeiro momento de decisão para uma vida mais saudável.


  6-LIDE COM A DECEPÇÃO

    Não ache que seja o fim do mundo quando não resiste a algum alimento ou quando exagera, tente levar como aprendizado e não faça disso o motivo para desistir da dieta.
   
   Dica extra : Quando se sentir decepcionado (a) escreva o que esta sentindo num papel, rasgue e jogue fora, um meio válido de desabafo momentâneo.



7-  PROCURE APOIO

    O apoio é essencial, principalmente ao iniciar uma dieta, porque, pelo menos pra mim parece que, sempre que inicio uma dieta, me chamam para aniversários, churrascos, pizzarias, tudo de uma vez! E, logo vem a tal vontade de desistir ou deixar para a semana que vem. 
    Então fale com a família e amigos sobre a sua atitude e a importância que você dá para isso, o apoio deles é sempre bom, mas claro, não deixe de ir a lugares que te fazem bem é só seguir os truques de seu nutricionista para não abusar ou comer como se fosse acabar o mundo (rs).
    Conversar com pessoas que estão na onda da dieta (dieta consciente) também é uma ótima opção, para um apoiar o outro.


8-PRATIQUE EXERCÍCIOS DE RELAXAMENTO

    Três minutos por dia de relaxamento (issssssso mesmo, apenas três!) pode ajudar a baixar o nível de ansiedade e suprir aquela ‘loucura’ por doces. 
    
    Uma dica de um relaxamento que adoro é o Mindfulness (pesquisem, vão adorar também!). Procure o melhor horário para praticar de acordo com a sua rotina.



 9-FAÇA CARTÕES DE ENFRENTAMENTO

    Escreva em cartões a sua meta, frases que te motivam, escreva também seus momentos de superação durante a dieta (ex. comi um pedaço de bolo, invés de quatro).    Enfeite-o, rabisque, abuse da imaginação, dê vida aos cartões. E, sempre que pensar em desistir pegue-os e relembre suas superações.



10-ELOGIE A SI MESMO (A)

    Pratique o elogio! E não apenas dos quilos ou cm. a menos, mas sim, sempre que você consiga resistir a algum alimento tentador, ou das vezes que disse “não, obrigada” quando alguém ofereceu, quando concluiu a semana sem ‘jacar’. Elogie-se a cada superação.
    
    Bom, é isso. Espero que as dicas possam contribuir de alguma forma na sua dieta e lembre-se que só depende de você.  



Essas dicas não substituem a terapia.

Espero ter ajudado vocês , dúvidas entre em contato.
Abraço a todos e sucesso sempre !

Bruna Passerini.




Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...